Exportação de carne bovina avança 6,76% no primeiro bimestre, diz Abiec


As exportações brasileiras de carne bovina – que consideram o produto in natura, industrializado, além de cortes salgados e miúdos – tiveram avanço de 6,76% no primeiro bimestre de 2019, alcançando 262.418 toneladas, em comparação com 245.801 toneladas embarcadas no primeiro bimestre do ano passado. Já a receita teve queda de 2,80%, para US$ 979,38 milhões, ante US$ 1,007 bilhão no primeiro bimestre de 2018. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (8) pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec).

No mês de fevereiro, as exportações foram de 139.141 toneladas (+14,33% ante as 121.700 toneladas de fevereiro de 2018) e a receita ficou em US$ 520,32 milhões (avanço de 6,77% ante o mesmo mês de 2018). O resultado para fevereiro é o melhor para o mês desde 2014.

Hong Kong foi o país que mais comprou carne bovina brasileira no primeiro bimestre – 57.192,37 toneladas. A China ficou em segundo lugar, com 49.396,35, avanço de 24% ante fevereiro de 2018. A Rússia também teve crescimento substancial: de 295 toneladas em fevereiro de 2018 para 5.236 no mesmo mês deste ano.

O presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli, demonstra otimismo: « Os resultados desse primeiro bimestre são positivos e vão de encontro com as projeções de crescimento das exportações para o ano de 2019. »



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire