Bolsas asiáticas fecham em alta, seguindo rali de tecnologia em Nova Iorque


As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta sexta-feira (22), ainda que modesta, depois que os mercados acionários de Nova Iorque subiram com vigor nessa quinta-feira (21), impulsionados principalmente por gigantes de tecnologia.

O rali « tecnológico » em Wall Street, que foi liderado pela Apple (+3,7%), influenciou empresas do setor em algumas partes da Ásia.

Em Seul, o índice sul-coreano Kospi teve alta marginal de 0,09% nesta sexta, a 2.186,95 pontos, sustentado em parte por sua principal blue chip, o conglomerado de tecnologia Samsung Electronics (+1,5%). Na bolsa de Taiwan, as empresas de tecnologia também foram destaque positivo e o Taiex avançou 0,28%, a 10.639,07 pontos. Ao longo da semana, Kospi e Taiex acumularam valorização de 0,5% e 1,9%, respectivamente.

No Japão, o Nikkei exibiu ganho idêntico ao do Kospi, de 0,09%, terminando o pregão a 21.627,34 pontos. O mercado japonês, que nessa quinta-feira não operou devido a um feriado nacional, avançou 0,82% na semana, apesar da força do iene ante o dólar desde essa quarta-feira (20), quando o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) surpreendeu ao indicar que não elevará juros este ano. Em dezembro, o Fed previa dois aumentos de juros em 2019.

Assim como os índices sul-coreano e japonês, o chinês Xangai Composto coincidentemente subiu 0,09% nesta sexta, a 3.104,15 pontos, numa recuperação que veio na segunda metade da sessão. Já o Shenzhen Composto, que reúne ações chinesas com menor valor de capitalização, teve alta de 0,20%, a 1.700,94 pontos.

No acumulado da semana, o Xangai avançou 2,7% e o Shenzhen saltou 3,6%, na expectativa para a retomada de negociações comerciais entre China e Estados Unidos.

Nos próximos dias 28 e 29, o Representante do Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, e o Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, estarão em Pequim para retomar o diálogo comercial. No começo de abril, será a vez de o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, visitar Washington para dar continuidade às conversas.

Já o Hang Seng se recuperou no fim do pregão em Hong Kong, fechando em ligeira alta de 0,14%, a 29.113,36 pontos.

Na Oceania, a bolsa de Sydney seguiu o tom positivo da Ásia e o S&P/ASX 200 avançou 0,45%, a 6.195,20 pontos, impulsionado por ações do setor de saúde. Com isso, o índice australiano garantiu valorização de 0,3% na semana. 



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire