Endividamento dos gaúchos tem leve alta em fevereiro e atinge 63,9%, mostra Fecomércio


O indicador que mede o nível de endividamento dos gaúchos encerrou o mês de fevereiro em 63,9%. O dado é da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nesta segunda-feira (25) pela Fecomércio-RS. O percentual apresentou leve alta frente a janeiro, quando ficou em 63,2%, e queda ante o mesmo mês de 2018, que era de 70,1%. 

Na avaliação da entidade, o quadro de endividamento aparece « em nível confortável », demonstrando redução do risco de inadimplência, mais confiança na economia e consumo em ascensão. A parcela de renda comprometida com dívidas ficou estável em relação ao mês anterior, tendo atingido 29,5%.

O cartão de crédito segue sendo o principal meio de endividamento (93,1%), seguido por carnês (12,8%), crédito pessoal (8,0%) e financiamento de carros (7,6%).

O percentual de gaúchos que não terão condições de pagar suas dívidas em atraso também caiu, registrando no mês de fevereiro 5,7%. No mesmo período de 2018, o recorte apontava para 6,8%.

Na avaliação do presidente da Fecomércio-RS Luis Carlos Bohn, os resultados demonstram confiança da população com os rumos da economia do País este ano. « As reformas devem sair do papel, a população espera por isso, e está mais confiante”, destacou Bohn, em nota.



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire