Bolsas da China e Coreia do Sul fecham em baixa, mas Tóquio sobe após BoJ


As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira (25), em meio a temores de que a China reduza seus estímulos econômicos e após uma inesperada contração do Produto Interno Bruto (PIB) sul-coreano. O mercado no Japão, por outro lado, atingiu nova máxima em mais de quatro meses após o banco central do país – conhecido como BoJ – prometer manter juros baixos até a primavera local de 2020.

Nos mercados chineses, as perdas foram robustas nesta quinta. O índice Xangai Composto caiu 2,43%, a 3.123,83 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto teve queda ainda mais expressiva, de 3,41%, a 1.688,25 pontos.

Investidores temem que Pequim atenue sua agressiva campanha de estímulos, que incluem cortes nos compulsórios bancários e crédito mais farto e barato para pequenas empresas privadas, diante do desempenho econômico da China melhor do que o esperado no primeiro trimestre.

No fim de semana, o jornal South China Morning Post noticiou que autoridades chineses pretendem agora focar reformas estruturais, em vez de lançar medidas de estímulos adicionais.

O fraco desempenho das ações na China continental pesou no Hang Seng, que recuou 0,86% em Hong Kong, a 29.549,80 pontos.

Já o Kospi teve baixa de 0,48% em Seul, a 2.190,50 pontos, menor patamar em três semanas, após dados oficiais mostrarem que o PIB da Coreia do Sul encolheu 0,3% no primeiro trimestre ante os três meses anteriores. A previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal era de acréscimo de 0,3%.

A bolsa japonesa, por sua vez, foi impulsionada por uma promessa do Banco do Japão (BoJ) de manter seus juros nos atuais níveis extremamente baixos até pelo menos a primavera de 2020. O BoJ, que hoje mais uma vez decidiu manter sua política monetária inalterada, não havia citado datas específicas até então. O índice acionário Nikkei subiu 0,48% em Tóquio, a 22.307,58 pontos, seu maior nível em quatro meses e meio.

O mercado taiwanês também ficou no azul, com leve alta de 0,11% do Taiex, a 11.039,86 pontos. Na Oceania, não houve negócios nesta quinta na Bolsa da Austrália devido a um feriado nacional.



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire