Em dia negativo, bolsa comemora 1 milhão de investidores


A bolsa brasileira atingiu 1.046.244 de investidores pessoa física em abril. O Tesouro Direto também superou a marca de 1 milhão, com 1.006.547 investidores no mês. Os números, anunciados pela B3 nesta quinta-feira, seguem o otimismo do brasileiro com a economia. Em março, o Ibovespa, maior índice acionário do país, bateu a marca histórica de 100 mil pontos.

O aumento segue a tendência dos últimos anos. Ao fim de 2017, eram 619 mil investidores. Em 2018, o número saltou para 813 mil. A aceleração se deve aos ganhos da Bolsa brasileira no período. A partir de 2016, o Ibovespa, maior índice acionário brasileiro, teve ganhos expressivos. A valorização dos papéis listados -preço por ação multiplicado pela quantidade de ações que compõem o índice- saltou de 43 para 60 mil pontos de 2015 para 2016, uma alta de 39% após recessão econômica e turbulências políticas.

Neste ano, o índice bateu os 100 mil pontos com a aposta de investidores no governo Bolsonaro. O cenário externo também é favorável às companhias brasileiras. Com a recuperação das economias americana e chinesa e juros baixos nestes países, o Brasil exporta mais e investidores estrangeiros buscam ativos de riscos em países emergentes.

Sem a aprovação da reforma da Previdência, entretanto, o cenário é de incertezas. O aporte estrangeiro ainda não voltou ao país e dados econômicos do primeiro trimestre preocupam economistas. No ano, o saldo de investimento estrangeiro na B3 é negativo em R$ 26 milhões. Segundo especialistas, a entrada deve vir após a aprovação da reforma e, provavelmente, será tímida.

Atualmente, os estrangeiros são metade dos investidores na bolsa. Eles somam 46,3% do total. Brasileiros pessoas físicas são 18,3% e jurídicas, 30%. Os ganhos do Ibovespa neste ano, no entanto, são impulsionados por movimentações domésticas. Com a taxa Selic na mínima histórica, a renda variável oferece um retorno maior.

Nos últimos três anos, o Ibovespa, maior índice acionário do Brasil, acumulou altas expressivas. Em 2018 foram 15%. Em 2017, 26,86%. Em 2016, 39%. Até abril deste ano, são 9,76% de ganhos. A marca de 1 milhão de investidores representa aproximadamente 1% da População Economicamente Ativa (PEA) que, segundo o IBGE, reúne 105 milhões de brasileiros.

Nesta quinta, o Ibovespa fechou em queda de 0,83%, a 94.807 pontos, com giro financeiro de R$ 13,35 bilhões, em linha com o mercado externo, que acompanha com apreensão as negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China. O recuou da bolsa brasileira ainda foi influenciado pelos resultados divulgados pelo IBGE sobre o varejo, que cresceu 0,3% em março em relação ao mês anterior, frustrando expectativas do mercado. Na relação com março de 2018, o setor apresentou queda de 4,5% -a projeção era de baixa de 2,4%. O dólar comercial acompanhou o viés negativo e subiu 0,48%, a R$ 3,9540.



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire