Dólar perde força ante emergentes, mas oscila entre principais


O dólar perdeu força ante as moedas de países emergentes e variou entre as moedas principais nesta sexta-feira, 10, em meio aos desdobramentos das negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China.

No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar subia para 109,94 ienes, enquanto o euro subia para US$ 1,1234. Em relação às moedas de países emergentes, o dólar caía para 44,8395 pesos argentinos e recuava para 19,0840 pesos mexicanos. O índice DXY, que mede a força da moeda americana ante seis outras moedas fortes, fechou em queda de 0,05%, em 97,330 pontos.

Após a confirmação, na madrugada desta sexta, de que os Estados Unidos aumentariam de 10% para 25% as tarifas sobre produtos chineses, o dólar perdeu força ante praticamente todas as moedas, em um cenário de incerteza que motivou maior busca por segurança entre os investidores mais cautelosos. A divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos EUA de abril mostrou avanço menor do que o esperado, fazendo com que a moeda americana perdesse ainda mais força.

O euro, por sua vez, ganhou a briga contra o dólar após a divulgação de resultados surpreendentes no Produto Interno Bruto (PIB) britânico e nas balanças comerciais do Reino Unido e da Alemanha.



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire