Bolsas da Ásia fecham em baixa, com tensão comercial EUA-China


As bolsas asiáticas registraram sessão negativa nesta segunda-feira (13), novamente influenciadas pelas dificuldades nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China. A aversão ao risco pressionou os mercados acionários e também moedas locais.

Na sexta-feira, entraram em vigor mais tarifas dos EUA contra produtos chineses. Os dois países devem continuar a negociar, mas o governo de Pequim reafirmou hoje sua intenção de retaliar e disse que « não se renderá nunca à pressão externa », nas palavras de um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores. O governo chinês, contudo, ainda não detalhou como pode ser essa retaliação, enquanto o governo do presidente Donald Trump acena com mais uma rodada em breve de tarifas contra produtos chineses.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em baixa de 1,21%, em 2.903,71 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, recuou 1,08%, em 1.622,80 pontos. Papéis do setor financeiro estiveram entre os mais penalizados em Xangai, com quedas de cerca de 2%. O setor de energia, por sua vez, registrou baixas modestas. Já a Bolsa de Hong Kong não operou, devido a um feriado local.

No Japão, o índice Nikkei fechou em queda de 0,72%, em 21.191,28 pontos. A Bolsa de Tóquio recuou pelo sexto dia consecutivo, a maior sequência do tipo em oito meses, com ações do setor de tecnologia em baixa, especialmente as ligadas a microchips.

Na Bolsa de Seul, o índice Kospi caiu 1,38%, a 2.079,01 pontos. O recuo do won durante o pregão foi parte do quadro de aversão ao risco nos mercados sul-coreanos. Samsung Biologics cedeu 4,4%, atingindo a mínima em 20 meses,, enquanto Amorepacific, do setor de cosméticos, teve baixa de 3,4%. Na contramão, Korean Air subiu 0,9%.

Em Taiwan, o índice Taiex registrou queda de 1,44%, a 10.558,29 pontos, fechamento no patamar mais baixo desde o fim de março. TSMC caiu 2,15% e Hon Hai, 3%, enquanto Largan recuou 4,6%. Cathay Financial caiu 2,9%, na mínima em dois anos e meio.

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 fechou em baixa de 0,21%, a 6.297,60 pontos, na Bolsa de Sydney. O dólar australiano também esteve pressionado, no pregão local. Entre as ações, o setor financeiro caiu 1,8%, com baixa de 2,5% da CBA, após balanço.



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire