Audiência discute solução para revitalização do Cais Mauá


Soluções para o imbróglio que envolve o projeto para a revitalização do Cais Mauá, em Porto Alegre, foram discutidas em audiência pública na manhã desta quinta-feira, na Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa. Representantes do consórcio Cais Mauá do Brasil, que venceu licitação em 2010 para realizar as obras no local, reforçaram a intenção de prosseguir com o projeto e de conversar com o governo sobre uma proposta de repactuação dos termos estabelecidos.

Para o advogado do consórcio, Leonardo Lamachia, a judicialização do processo seria a pior saída. O deputado Sebastião Melo (MDB), proponente e condutor do debate, sugeriu a formação de um fórum para seguir acompanhando e discutindo o tema com os atores envolvidos.

Luiz Felipe Terra Favieri, sócio da LAD Capital, gestora do fundo de investimento que é acionista majoritário do consórcio Cais Mauá do Brasil, atribuiu parte dos problemas enfrentados para o projeto avançar à burocracia e ao atraso em licenças necessárias para a operação do consórcio no local.

Favieri disse que a intenção é conversar com o governador para, juntos, construírem os passos seguintes. Ele afirmou compreender que o governo do Estado precise se assegurar de que o fundo terá capacidade financeira para levar adiante um projeto repactuado. Segundo ele, os investidores existiam e seriam informados ao governador em reunião fechada.



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire