Bolsas asiáticas fecham em alta com melhora da perspectiva comercial


As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira (10), reagindo à melhora da perspectiva comercial após Estados Unidos e México selarem um acordo que evitou a tarifação de produtos mexicanos. Já a China divulgou números mistos de sua balança comercial, com alta inesperada nas exportações, mas queda mais acentuada do que se previa nas importações.

No fim da sexta-feira (7), o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que Washington e México chegaram a um entendimento para lidar com a questão da crise imigratória, levando a Casa Branca a suspender planos de impor tarifas a todos os produtos mexicanos.

Também no fim da semana passada, os EUA decidiram adiar uma elevação de tarifas sobre cerca de US$ 200 bilhões em bens da China, do dia 1º para o próximo dia 15.

Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto subiu 0,86% nesta segunda, a 2.852,13 pontos, interrompendo uma sequência de seis pregões negativos. O menos líquido Shenzhen Composto teve valorização mais expressiva, de 1,33%, a 1.483,23 pontos. Na última sexta, os mercados da China, assim como os de Hong Kong e Taiwan, não operaram devido a um feriado na região.

As exportações chinesas medidas em dólares tiveram expansão anual de 1% em maio, segundo dados oficiais, surpreendendo analistas que previam queda de 4% nas vendas externas. As importações da China, por outro lado, sofreram um tombo anual de 8,5% no mês passado. Também neste caso, a previsão era de redução de 4%. Como resultado, o superávit comercial chinês aumentou de US$ 13,84 bilhões em abril para US$ 41,65 bilhões em maio.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 1,20% hoje, a 21.134,42 pontos, ajudado pela fraqueza do iene frente ao dólar na esteira do acordo entre EUA e México.

Mas foi a Bolsa de Hong Kong que liderou os ganhos na Ásia, com salto de 2,27% no Hang Seng, a 27.578,64 pontos. Destacaram-se em Hong Kong o fabricante de equipamentos de telecomunicações ZTE (+7,2%), a petrolífera CNOOC (+4,9%) e ações de operadoras de cassinos com sede em Macau (com altas de 5% a 7%).

Em outras partes da região asiática, o sul-coreano Kospi subiu 1,31% em Seul, a 2.099,49 pontos, e o Taiex registrou alta de 1,51% em Taiwan, a 10.566,47 pontos, garantindo o terceiro maior ganho do ano.

Na Oceania, a bolsa australiana permaneceu fechada nesta segunda devido a um feriado nacional. 



Source link

A lire aussi

Laisser un commentaire