Casal é preso após enterrar criança de 2 anos em praia argentina – Notícias


Banhistas denunciaram turistas que enterraram a menina na areia até o pescoço para poder nadar no mar; a mãe e um homem foram presos


Um casal de turistas paraguaios foi preso na última segunda-feira (3) na praia de Santa Clara del Mar, que fica a cerca de 400km ao sul de Buenos Aires (Argentina). Eles foram denunciados por outros banhistas porque deixaram a filha da mulher, de apenas 2 anos, enterrada até o pescoço na areia, para poderem nadar no mar.



O homem e a mulher, ambos de 29 anos, estavam acompanhados de um terceiro homem, que fugiu quando a polícia chegou ao local. Segundo testemunhas disseram ao jornal Clarín, eles passaram o dia na praia, com atitudes pouco respeitosas, puxando as roupas uns dos outros, se tocando e falando obscenidades.


Durante quase todo esse tempo, a criança ficou chorando. Quando os três quiseram entrar no mar sem levá-la junto, eles escavaram um buraco na areia e a deixaram enterrada até o pescoço. Nesse momento, vários banhistas entraram em contato com a polícia.


Sensação térmica de 35°C


Segundo o Clarín, quando os policiais chegaram ao local, os três turistas estavam cercados por banhistas, indignados com a situação. « A sensação térmica estava em torno de 35°C, imagine como estava a menininha », disse uma testemunha ao jornal.


Enquanto os policiais tiravam a criança da areia, um dos homens aproveitou para escapar. O casal que ficou no local chegou a confrontar os oficiais e ambos foram presos por atentado e desacato à autoridade. Eles foram levados para detenções em Mar del Plata.


No meio dos pertences deles, a polícia encontrou quase 200 comprimidos de Rivotril, dois cigarros de maconha e um pacote com a droga, além de um comprimido de ecstasy. A menina foi levada para um abrigo e passa bem.



Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire