Ataque de Exército sírio mata 12 civis, entre eles 6 crianças – Notícias


O Observatório de Direitos Humanos da Síria disse que os aviões de guerra sírios realizaram ‘um massacre’

Ataque sírio


Pelo menos 12 civis foram mortos, incluindo seis crianças, e mais de 30 ficaram feridos em ataques aéreos realizados pelo Exército da Síria contra a cidade de Idlib, na capital da província homônima. A cidade é considerada o último reduto da oposição no país. As informações são desta terça-feira (11) de diversas ONGs que atuam na região.


O Observatório de Direitos Humanos da Síria disse que os aviões de guerra sírios realizaram « um massacre » que deixou 12 civis mortos, incluindo seis crianças, em um bairro na cidade de Idlib e na zona industrial.


Além disso, informaram que o número de mortos pode aumentar por conta da quantidade de feridos, que são 32, alguns deles em estado grave.


A Defesa Civil síria, também conhecida como « Capacetes Brancos » e que opera em áreas fora do controle de Damasco, confirmou no Twitter o número de mortos, mas aumentando a quantidade de crianças que faleceram para sete, e ficando em 33 feridos.


Até agora, o exército sírio, leal ao presidente Bashar al-Assad não se pronunciou sobre essa informação.



Embora a ofensiva terrestre na província de Idlib tenha sido paralisada, pois agora está centrada no oeste de Aleppo, os bombardeios e artilharia de tropas sírias apoiadas pela Rússia, de acordo com as duas fontes, continuam diariamente.


Este último ataque ocorre em um momento em que as unidades sírias estão a um passo de controlar a rodovia M5 após a captura de Al Rashidin 4, no sudoeste de Aleppo, informou hoje a agência estadual « Sana ».


Além disso, as tropas sírias sofreram duas baixas hoje depois que um helicóptero de suas forças foi abatido em Nayrab, leste de Idlib, sem que até agora ninguém reivindicasse essa ação, de acordo com o Observatório.



Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire