Argentina registra 41 novos casos de coronavírus e contabiliza 266



<div class="media_box full-dimensions460x305">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/coronavirus-mulher-1500-21032020170439263?dimensions=460×305" title="Argentina registra 41 novos casos de coronavírus
" alt="Argentina registra 41 novos casos de coronavírus
" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Argentina registra 41 novos casos de coronavírus
</span>
<span class="credit_box ">Ricardo Moraes/Reuters – 21.03.2020</span>
</div>
</div>

<p>
A Argentina registrou até o fim da noite do domingo (22) 266 casos de pessoas com <a href="https://noticias.r7.com/saude/novo-coronavirus"><strong>coronavírus</strong></a>, após 41 serem registrados em um só dia, a maioria (20) na cidade e na província de Buenos Aires, segundo fontes do Ministério da Saúde.</p>
<p>
Este aumento diário é menor do que o ocorrido de sexta-feira para sábado, quando foram relatados 67 casos. A maioria dos casos no país – incluindo quatro mortes – são de pessoas que viajaram para o exterior, em lugares com muitas situações de contágio, e retornaram à Argentina.</p>

<div class="related_content">
<h6>Veja também</h6>
<ul>
<li><a href="http://noticias.r7.com/internacional/coronavirus-argentina-declara-quarentena-total-ate-31-de-marco-19032020">Coronavírus: Argentina declara quarentena total até 31 de março</a></li>
<li><a href="http://noticias.r7.com/internacional/coronavirus-argentina-proibe-onibus-avioes-e-trens-em-feriado-17032020">Coronavírus: Argentina proíbe ônibus, aviões e trens em feriado</a></li>
</ul>
</div>

<p>
Dos 41 novos casos, 17 são de pessoas com histórico recente de viagem, 11 são "contatos próximos" de outros infectados, 12 estão sendo investigados para que seja determinado o histórico epidemiológico e um está sendo estudado como "possível transmissão comunitária", ou seja, pode ter contraído a doença de forma casual dentro do território argentino.</p>
<p>
Para evitar a propagação do vírus, entre muitas outras medidas, o governo do presidente Alberto Fernandez decretou para toda a população, com poucas exceções, um isolamento preventivo e obrigatório desde a última sexta-feira e até 31 de março, com prazo podendo ser prolongado.</p>



Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire