Argentina tem recorde diário de casos de covid-19 pela 2ª vez seguida – Notícias


A capital continua sendo a região com maior contágio até agora. Na terça-feira (2), 95% dos doentes foram registrados em Buenos Aires

Recorde na Argentina


Pelo segundo dia seguido a Argentina reportou um número recorde de novos infectados pelo coronavírus, com 949, o que elevou o total de casos no país para 19.268. O número de mortes por covid-19 subiu para 583, sendo 13 nas últimas 24 horas.


O relatório emitido pelo Ministério da Saúde do país vizinho aponta que as vítimas mais recentes do vírus foram oito homens e cinco mulheres, entre 54 e 85 anos, moradores das províncias de Buenos Aires, Chaco, Córdoba e Río Negro.


Dos 19.268 casos detectados pelas autoridades sanitárias argentinas desde 3 de março, 977 são importados, 8.217 são contatos próximos de pessoas infectadas anteriormente, enquanto 6.941 são de circulação comunitária e 3.133 estão sob investigação epidemiológica.


A capital continua sendo a região com maior contágio até agora, com 9.318 notificações, das quais 467 foram comunicados na quarta (3).


Segundo fontes oficiais, em todo o país, há 288 pessoas internadas em (UTIs) unidades de terapia intensiva e 5.896 pacientes que já tiveram alta.


Até agora, foram realizados 172.947 testes para detectar o vírus, com uma taxa de 3.811 por milhão de habitantes.



A secretária de Acesso à Saúde da Argentina, Carla Vizzotti, disse ontem que quase 85% dos departamentos do país estão em uma situação de reabertura das atividades « programada e progressiva », em suas palavras.


« Continuamos com o foco da transmissão comunitária na região metropolitana de Buenos Aires. O maior número de casos, mais de 95% dos confirmados de terça-feira (2) e mais de 75% dos acumulados, estão nessa região », observou.



Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire