Assad destitui premiê da Síria em meio a grave crise econômica – Notícias







O presidente da Síria, Bashar al Assad, emitiu nesta quinta-feira (11) um decreto para destituir o primeiro-ministro, Imad Khamis, em um movimento surpreendente durante uma das piores crises econômicas do país, que vive um conflito armado desde 2011.


Em comunicado, a presidência síria afirma que Assad emitiu a destituição de Khamis, que era premiê desde junho de 2016, e que o substituto no cargo será o ministro de Recursos Hídricos, Hussein Arnous, sem dar mais detalhes sobre os motivos para a troca.


« O governo continuará trabalhando até a eleição da nova Assembleia Popular », prevista para 19 de julho, informou a presidência.







Arnous foi ministro de Obras Públicas e Habitação de 2013 a 2018, quando foi nomeado para chefiar a pasta de Recursos Hídricos. O mandato como primeiro-ministro terminará após as eleições parlamentares, em julho, embora o pleito já tenha sido adiado duas vezes desde abril devido à pandemia de covid-19.


Em 11 de maio, Assad anunciou a destituição do ministro do Comércio, Atef Naddaf, também sem oferecer nenhuma explicação para a mudança.


A destituição de Khamis ocorre dias após a abertura da primeira sessão parlamentar depois de um recesso do Legislativo por causa da pandemia, em um momento em que a Síria atravessa uma série crise econômica com o colapso da moeda local.


Estátuas polêmicas viram alvos de ataques em protestos antirracistas








Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire