Argentina supera 50 mortes diárias por covid-19 pela primeira vez – Notícias







A Argentina registrou 52 mortes por covid-19 nesta sexta-feira (3), um novo recorde diário, elevando para 1.437 o total de óbitos causados pelo novo coronavírus, segundo as autoridades de saúde do país.


Leia também: Argentina tem novo recorde de mortes e amplia quarentena


De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, 2.845 novos casos foram confirmados nas últimas 24 horas, totalizando 72.786. Catamarca, a única província que ainda não tinha reportado casos até então, anunciou o primeiro positivo.


As regiões mais afetadas, como a área metropolitana de Buenos Aires e a província de Chaco, começaram na quarta-feira uma nova etapa da quarentena obrigatória, que impõe mais restrições, enquanto o isolamento já vigora há mais de 100 dias.




Recorde diário de mortes




A maioria das novas mortes anunciadas nesta sexta-feira ocorreu entre a capital, Buenos Aires (15), e a província de mesmo nome, onde 33 vidas foram perdidas em 24 horas. Chaco relatou três mortes, enquanto Santa Fé somou uma. As vítimas eram 26 homens e 26 mulheres, com idades entre 30 e 92 anos.


Até o momento, o número total de altas concedidas às pessoas que superaram a doença é de 25.224. Ao todo, 620 pacientes com Covid-19 estão em leitos de unidades de terapia intensiva (UTI). A área metropolitana de Buenos Aires está com 56,3% da ocupação, enquanto o país tem 51% dos leitos preenchidos.


Entre os novos casos, 1,849 foram registrados na província de Buenos Aires e 835 na cidade de Buenos Aires, os dois locais onde se localizam os municípios que compõem área metropolitana, onde vivem cerca de 13 milhões de pessoas.


Atrás dessas duas jurisdições administrativas estão Chaco, com 37 casos positivos, Neuquén, que relatou 28, e Río Negro, com 23 casos. Salta, no norte do país, confirmou nesta sexta-feira oito dos 41 casos totais, enquanto a província vizinha Jujuy relatou 20 dos seus 148.


A única província argentina que até agora não tinha confirmado nenhum caso de coronavírus, Catamarca, no norte, teve o primeiro registro da doença nesta sexta-feira.



Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire