Autoridades na Itália alertam para possível ‘situação descontrolada’ – Notícias



O Instituto Superior de Saúde da Itália (ISS) afirmou em relatório que existe a possibilidade de uma epidemia descontrolada em todo o território e o colapso dos hospitais caso continue a ser registrado um aumento nos contágios do novo coronavírus.


Por outro lado, o governo adicionou outras cinco regiões na zona laranja, que inclui novas restrições, e nas próximas horas tomará uma decisão sobre Campania, cuja capital é Nápoles, onde os governantes pediram a entrada nesta zona de alerta.


Enquanto isso, alguns veículos de comunicação antecipam nesta terça-feira (10) que o governo cogita um confinamento nacional caso os contágios não sejam reduzidos nos próximos dias.


« Na semana seguinte, todas as regiões serão classificadas como de alto risco de uma epidemia descontrolada no território ou de risco moderado com alta probabilidade progredir para alto risco nas próximas semanas », escreveu o ISS.


Aumento de casos


A agência sublinha o agravamento da situação epidemiológica em todas as regiões, com destaque para a Lombardia, com um número efetivo de reprodução R da infecção de 2,08, seguida por Basilicata (1,99) e Piemonte (1,97).



Entre as principais preocupações estão os centros de saúde, pois existem « situações críticas de serviços locais e limiares críticos de ocupação de serviços hospitalares em todas as regiões ».


O ISS recomenda « uma redução drástica das interações físicas entre as pessoas a fim de aliviar a pressão sobre os serviços de saúde ».


« É essencial que as pessoas evitem todas as ocasiões de contato com pessoas fora de casa que não sejam estritamente necessárias e fiquem em casa o máximo de tempo possível », afirmou a agência.


Como em todas as segundas-feiras, devido à queda no número de testes, os novos casos de covid-19 no país caíram para 25.271 (7 mil a menos em 24 horas).


Zona laranja


No início da manhã, o Ministério da Saúde decretou que mais cinco regiões se mudariam para a zona laranja a partir de amanhã e a província autônoma de Bolzano se tornaria uma zona vermelha, junto com Lombardia, Piemonte, Calábria e Vale d’Aosta, que já são zonas vermelhas.


A zona laranja inclui Abruzzo, Basilicata, Ligúria, Toscana e Úmbria, que se juntam à Apúlia e Sicília. Nesta zona, restaurantes e bares estão fechados o dia todo e, por enquanto, as lojas permanecem abertas e a circulação é permitida dentro de um município, mas não é permitido sair da cidade de residência.



Read more

A lire aussi

Laisser un commentaire